17 de Abril de 2017

Via Sacra – Sexta-feira da Paixão

Publicado por Autor:Maria José Campos

Às 04h da manhã, em frente à Igreja São José Operário começaram a chegar pessoas de todos as idades: crianças, jovens, adultos e idosos, vindos de diversos bairros de Leopoldina e até de cidades vizinhas. Mas aonde iam essas pessoas nesse horário?

Como acontece todos os anos, os católicos de Leopoldina, juntamente com o Bispo e Padres vão em caminhada orante até o Morro do Cruzeiro, percorrendo mais ou menos 6 km.

Ao iniciarmos, Dom José Eudes propôs como gesto concreto, que recolhêssemos objetos e lixos que fossemos encontrando pelo caminho; seguindo assim o que nos propõe a Campanha da Fraternidade 2017 – “Cultivar e guarda a criação”.

A caminhada começou ainda em meio à escuridão. Em cada Estação da Via Sacra (anteriormente marcada pelos participantes do Apostolado do Terço dos Homens); parávamos, rezávamos e refletíamos sobre a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Dom José Eudes, Pe. Marcelo e Pe. Valdemar Tadeu seguiam conosco, motivando para que ao longo de cada Estação, rezássemos para um determinado grupo, família, Igreja, crianças, jovens, idosos, enfermos, autoridades…

O silêncio era impressionante, só quebrado por algum canto de pássaro ou até a próxima Estação da Via Sacra.

Sentíamos no rosto uma neblina suave que parecia cair para encher-nos de bênçãos.

Foi bonito ver o amanhecer e observar a beleza daquele lugar – um presente de Deus para nós!

Já estávamos quase chegando ao Cruzeiro quando fomos surpreendidos por mais uma maravilha divina – o arco-íris.

Todos estavam agradecidos por terem podido viver mais um ano para demonstrar a sua fé Naquele que entregou sua vida em nome do Amor, para salvar-nos.

Sentíamos cansados, mas estávamos com o corpo e rosto renovados com essa caminhada, que proporcionou a cada um de nós, a compreensão da maior prova de Amor que Deus deu a humanidade.

Ao término, Dom José Eudes abençoou-nos e agradeceu a participação, o silêncio e a oração de cada um.

Como gesto concreto foram recolhidos várias sacolas de lixo e Marquinhos foi muito aplaudido por ter recolhido a quantidade maior.

Fica aqui o nosso compromisso para a próxima Sexta-feira da Paixão: irmos até o Morro do Cruzeiro para mais uma demonstração da nossa fé.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                         Maria José Campos do Nascimento

TAGS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *