28 de Junho de 2018

Reunião geral do clero

Publicado por Autor:Pe. Reginaldo Rodrigues
 Aos vinte e seis dias do mês de junho tivemos a reunião geral do clero de nossa Diocese de Leopoldina. Participamos: bispo, padres e o nosso diácono. Na chegada fomos recepcionados por um bom café. Logos após, na capela rezamos a oração das laudes.  Pedimos a Deus por nossa Igreja, em especialmente por nossa igreja particular de Leopoldina. Destacamos os nossos amados leigos e leigas.

                No início da reunião tivemos um fala oportuna dos responsáveis pela contabilidade de nossa diocese, aclarando nossas dúvidas para um melhor desempenho em nossas paróquias. Após esse momento, prosseguimos com a leitura da ata feita pelo nosso secretário, padre Márcio Arthur. Em sequência, padre Rômulo conduziu um momento formativo sobre o que é a Pastoral Presbiteral e qual a sua motivação. A base de sua fala foi um trecho do livro do padre Jesus Benedito intitulado “Novo presbítero católico sob a mística do cuidado”.  Encerrou a fala com um texto muito profundo “A doença para a morte”, do dinamarquês Soren Kierkegaard.

                Continuando, tratamos de nossa confraternização pelo dia do padre que será em agosto e acontecerá na forania de Muriaé.  Padre Paulo Roberto destacou a importância do andamento e desdobramentos de nossa Assembleia de Pastoral. Motivou-nos a concretizarmos o que pensamos, concluímos e planejamos. Padre Edmilson falou-nos do andamento da reforma que está sendo feita em nosso Seminário Maior Nossa Senhora de Guadalupe, onde nossos seminaristas que estão cursando Filosofia e Teologia residem, juntamente com ele, o padre formador e, agradeceu.  Outros padres, assessores de pastorais, também falaram sobre os serviços e propostas que estão acontecendo em nossa diocese.

                Nosso bispo, Dom José Eudes, destacou a importância da unidade entre nós e o comprometimento com a reforma de nosso Seminário. Pediu que todos nos empenhemos. Que nossas paróquias continuem bastante engajadas. É um patrimônio nosso que precisa de cuidados e tem um nobre objetivo, ser um canteiro fértil para acolher e cuidar de novos padres. Lembrou-nos da Romaria para Aparecida. A Santa Missa será dia 18 de agosto às 9h no Santuário Nacional. Seremos acolhidos pela nossa querida mãe. Pediu-nos ainda, que nos organizemos com os paroquianos para uma efetiva e fraterna presença na missa de Cristo Rei em nível diocesano que será na cidade de Leopoldina. Concluindo, cantamos parabéns pelos padres aniversariantes do mês. E, nosso bispo deu-nos a bênção. Almoçamos e retornamos para nossas paróquias revigorados pelo encontro fraterno que tivemos.

Pe. Reginaldo Rodrigues Celidonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *