- Diocese de Leopoldina - http://dioceseleopoldina.com -

Semana Santa Paróquia São José – Tocantins MG

 

No domingo, dia 09 de abril, junto com toda a Igreja, iniciamos a Semana Santa, tradicionalmente esta semana se dá a abertura com a celebração do Domingo de Ramos, que nos recorda a Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém, Jesus sendo aclamado com ramos, palmas e hosanas! A Bênção dos ramos seu deu bem cedinho às 06:30h em frente à Igreja do Rosário, na praça principal da cidade. Em seguida uma multidão de fiéis seguiu em procissão até à Matriz, onde se deu a celebração da Missa Solene presidida pelo Mons. Alexandre. Às 09h houve a Celebração de Ramos com as crianças, presidida pelo Seminarista Luís Fernando Bertolato, que encantou a todos com o seu carisma, mais uma vez a igreja estava continha uma grande quantidade de fiéis e às 19h a última Missa do Domingo de Ramos, não diferente dos outros domingos neste horário, muitos jovens e novamente igreja cheia.

Na segunda-feira, dia 10, foi o momento de olharmos para dentro de nós mesmos e reconhecermos nossa fraqueza humana, já havíamos celebrado individualmente com o Mutirão de Confissões e agora pela Celebração Comunitária da Penitência. Momento marcante com a presença de Casais, Adultos, Jovens, Crianças e Idosos.

Na terça-feira, dia 11, aconteceu a tradicional “Procissão do Encontro”, momento que lembra o Encontro doloroso de Maria Santíssima com seu Filho Jesus rumo ao Calvário. A imagem do Senhor dos Passos saiu da Capela São Geraldo do Bairro Patrimônio e a imagem de Nossa Senhora das Dores saiu da Capela Santa Luzia do Bairro Grama, todos em direção ao adro da Matriz, onde aconteceu o Sermão e a Santa Missa, muitos fiéis se emocionam com este momento.

Na quarta-feira, dia 12, devotamente acontece em todas as quartas-feiras a Novena Perpétua em Honra ao nosso Padroeiro São José, uma grande participação dos fiéis nesta Missa, onde se celebra a Bênção da Água, dos Objetos e da Saúde. Ao final sempre é realizada a Bênção do Santíssimo Sacramento, mas neste dia, optamos substituí-la por um momento bem preparado diante da realidade do quadro quaresmal, que estava montado no espaço da igreja: O Cristo, a Cruz e Nossa Senhora das Dores, mais uma vez celebrando a Misericórdia do Senhor.

Na quinta-feira, dia 13, pela manhã, juntamente com o Mons. Alexandre, estiveram um grupo de leigos da paróquia em Belisário, onde foi celebrada a Missa da Unidade com a Bênção dos Santos Óleos, momento de fraternidade e solidariedade ao Frei Gilberto e seus paroquianos. À noite, dando início ao Solene Tríduo Pascal, às 20h, realizou-se a Celebração da Ceia do Senhor com a Cerimônia do Lava-Pés, este ano alguns membros de Movimentos e Pastorais da Paróquia foram os representantes dos apóstolos. Destacando que Mons. Alexandre, tocado pelo Espírito Santo, acredito eu, sem comunicar a ninguém anteriormente, convidou a querida Maria, carinhosamente conhecida como Dorinha e lavou também os pés desta pessoa tão especial para aqueles que a conhecem de verdade. Ao término da Cerimônia, o Santíssimo Sacramento foi transladado do altar central para o altar lateral e os fiéis permaneceram em Vigília Eucarística até a meia noite.

Na sexta-feira, dia 14, às 15h, Cerimônia da Paixão Morte de Jesus, Cerimônia do Beijo da Cruz, muitos fiéis mais uma vez se emocionaram diante de tal recordação. À noite os jovens da paróquia se destacaram com a Encenação ao Vivo da Paixão, muito bem preparada. Após a encenação deu-se início a piedosa Procissão do Enterro com a imagem do Senhor Morto e Nossa Senhora das Dores, ao som das matracas.

No sábado, dia 15, a Solene Vigília Pascal, às 20h, iniciou-se com a Bênção do fogo novo, onde foi preparado e aceso o novo Círio Pascal que representa a Luz de Cristo Ressuscitado e ainda dentro da Cerimônia aconteceu a Bênção da Água, na qual toda a assembleia foi aspergida e a Renovação das Promessas Batismais.

No domingo, dia 16, bem de manhãzinha, lembrando a visita das mulheres ao túmulo de Jesus, às 05h, aconteceu a Procissão da Ressurreição, percorrendo com o Santíssimo Sacramento pelas ruas da cidade, acompanhada pela Sociedade Musical Lira Tocantinense, em seguida a Missa Solene onde foi apresentado os sinais de Ressurreição na Paróquia. Às 09h foi celebrada a Páscoa das Crianças, com a explicação dos símbolos pascais, destacando o Círio Pascal. Às 18h deu início a Procissão do Triunfo de Nossa Senhora, encerrando com a última Missa e novamente a igreja tomada de fiéis, encerrando assim as festividades da Semana Santa com o canto do Aleluia, fogos e a alegria da Ressurreição.

Agradecemos a todos os envolvidos: Equipes de Serviços, Pastorais e Movimentos e ao Mons. Alexandre que também não mediu esforços para que tudo fosse uma bênção.

Cristo Ressuscitou, aleluia, aleluia!

 

Leandro Quintino

Secretário Paroquial